sexta-feira, setembro 02, 2005

A Melodia da Vida


Sempre acreditei que ouvir música era tão somente uma diversão para se fazer quando ficamos sem nada mais interessante. Mas, como tudo na vida muda, em todo o instante, isso também não poderia ser diferente.

Tudo começou a quatro anos atrás quando ganhei um violão do meu pai, que me incentivou a aprender música em uma banda marcial. Paralelamente eu fazia aulas de violão e aprendia música, lendo partituras, aprendendo teoria musical, história da música, entre outros. Todos tinhamos que escolher um instrumento para estudarmos, escolhi o trompete. Porém, não demorou muito e migrei para um intrumento que me atraia mais: A Tuba... Não foi fácil, as críticas a falta de apoio, a inexperiência musical, demorou mais ou menos uns quatro meses para eu começar a produzir algum som agradável, música. Para mim, a música nada mais é do que a espressão da alma através de sons, é a mostra do nosso interior.
Depois de seis meses me desinteressei de aprender violão e comecei e dedicar-me totalmente a Tuba, talvez pelo vinculo que criei com o pessoal da Banda e pelo fato de querer sempre fazer o que me parecia diferente, estudava bastante, gosto de dar o melhor que tenho em tudo o que faço.
Fui evoluindo, conseguindo melhorar a leitura de partituras, tocar algumas músicas e aprendendo, sou muito curioso, aprendi uma boa noção de teoria musical - Acordes, escalas, ritmo, solfejo, percepção -, tive um excelente alicerce com um ótimo professor.
Participava muito da banda, também tocava na igreja(em breve publicarei o testemunho da minha conversão), estudando sempre nas horas vagas.
Infelizmente chegou o dia de deixar a banda, comecei a trabalhar tinha 16 anos, não estava mais conseguindo cumprir a agenda, conciliar trabalho, ensaios e apresentações, mas graças ao bom Deus continuei tocando na igreja e louvando ao Senhor.
Nunca tive recursos para comprar uma Tuba, custa muito caro, a principio utilizava o instrumento da banda, mas com o minha saida iria ficar sem instrumento, fiquei muito triste e entreguei na mão de Deus. Porém um milagre de aconteceu: Vou até ironizar, "demorou" uma semana e o maestro da orquestra da Igreja me ligou e disse que havia comprado uma Tuba para mim! Aleluia! Hoje toco com ela e é bem melhor que a outra, um modelo mais novo e com melhor sonoridade. Deus é Fiel!
Espero ter esplanado os pontos mais importantes do meu encontro com o mundo da música. Permitir que a alma se expresse é algo inexplicavél, seja na música na arte ou em qualquer coisa que nos faça sentirmos bem. Certo!?

Deus te abençoe!

Leandro

3 Comentários:

Às 9:19 AM , Anonymous dione disse...

Leandro,
Vc é uma pessoa adorável, continue assim sempre desse jeitinho. Nunca desanime. Tenha sempre grandes objetivos na vida, pois assim será mais fácil conseguir os pequenos. Nunca pare de sonhar, pois é o sonho q nos impulsiona. Acredite neles e vc irá longe. Sua mãe deve agradecer a Deus todos os dias, por ter a oportunidade de tê-lo como filho, pois vc é uma pessoa legal.

Que Deus te abençoe e precisando de mim, estou aqui.

Abraços

DIONE

 
Às 5:53 PM , Anonymous Letícia disse...

Meu lindo maninho...
Que Deus continue abençoando toda sua tajetória... depois eu faço um comentário sobre o que vc escreveu, tá! É que agora eu tenho que ir bandejar, já tô atrasada!!rsrs!! Ano que vem vc vai saber o que é isto!
Amo vc!

 
Às 11:19 PM , Anonymous Daia disse...

Eu amo vc

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial